Realizada 4º FIV na Fazenda

Foi realizado no dia 18 de janeiro a 4º etapa de Fertilização in Vitro (FIV) na Fazenda Cabeceira do Prata (Jardim-MS). O procedimento, realizado por profissionais da empresa Embryosul, teve início às 07h55 e finalizou às 09h15.

Foram aspiradas os seguintes exemplares da raça Gir Leiteiro:

– Injeção de Brasília, com 22 oócitos viáveis;
– Celestial Villefort, com 53 oócitos viáveis;
– Duida Villefort, com 25 oócitos viáveis;
– Derbati Villefort; com 38 oócitos viáveis;
– Bárbara TE de Brasília; com 22 oócitos viáveis;
– Itaipava de Brasília; com 4 oócitos viáveis;
– Ibiama de Brasília ; com 8 oócitos viáveis.

O rendimento da fertilização totalizou a coleta de 172 oócitos viáveis.

Nesse procedimento foram utilizados os touros: Fardo, Vaidoso, Ca Sansão, Vale Ouro e Faraó Sexado. 

Veja as fotos:

Na foto: Separação dos oócitos viáveis para encaminhar para o laboratório em Campo Grande -MS.

Nasce 1ª fêmea da raça Gir na Fazenda

Na última semana, a Fazenda Cabeceira do Prata (Jardim-MS) comemorou  a chegada de um novo integrante da raça Gir Leiteiro.

No dia 15 de setembro nasceu Barbie, filha de Dalta Villefort X C.A Sansão, líder com PTA 681,9 kg.

Barbie (LLSE 05) é a primeira fêmea da raça Gir Leiteiro nascida na fazenda.

Veja as fotos:

 


Fazenda Cabeceira do Prata realiza 1º FIV

No último dia 26 foi realizado na Fazenda Cabeceira do Prata (Recanto Ecológico Rio da Prata- Jardim MS), o 1º procedimento de Fertilização in Vitro – FIV – biotecnologia onde todos os processos fisiológicos: maturação folicular, fertilização e desenvolvimento embrionário são obtidos em laboratório (in vitro), fora do útero animal, ao contrário da clássica Transferência de Embriões (TE).
De acordo com o relatório de aspiração folicular emitido pela Embryosul (empresa responsável pelo procedimento), todas as doadoras são excelentes novilhas da raça Gir Leiteiro. São elas:
 Injeção Brasília (RRP-6567), com 16 oócitos viáveis;
– Derbati Villefort (IVAR – 718), com 61 oócitos viáveis;
– Celestial Villefort (IVAR – 400), com 72 oócitos viáveis;
– Dalta Villefort (IVAR – 1024), com 25 oócitos viáveis;
– Duida Villefort (IVAR – 776), com 14 oócitos viáveis.
O rendimento da fertilização totalizou a coleta de 188 oócitos viáveis.
Na foto Rodrigo Santos e veterinário Ivan da Mata (blusa listrada). 

O procedimento de aspiração folicular, realizado por Rodrigo G. Santos, teve o acompanhamento do veterinário local, Ivan da Mata e também do capataz da fazenda Caciano Chaves (foto abaixo).

Após esse processo, Marcus, técnico responsável pela parte laboratorial, fez a separação dos oócitos viáveis para encaminhar para o laboratório em Campo Grande (foto abaixo).
Foram introduzidos nos ovócitos (óvulos imaturos aspirados com auxílio do aparelho de ultrasonografia) os sêmens dos renomados touros C.A. Sansão (1º colocado no ranking Gir Leiteiro da PNMGL – Programa Nacional de Melhoramento Genético do Gir Leiteiro), e Barbante TE Kubera (9º colocado no mesmo ranking).45 novilhas estão à espera dos embriões coletados. São novilhas, com aproximadamente 16 meses de idade, cruzadas meio-sangue Black Angus.

Esperamos desmamar 20 crias da raça Gir Leiteiro com o resultado dessa aspiração“, afirma Eduardo Coelho, proprietário da Fazenda Cabeceira do Prata.

Criação na Fazenda Cabeceira do Prata
A Fazenda Cabeceira do Prata deu início ao seu rebanho da raça Gir Leiteiro em 2010. Os animais vêm a somar na diversificação de atividades da fazenda que, além de ter como base o ecoturismo, atua na criação de gado de corte e possui também plantel de equinos da raça Crioula.O objetivo da criação da raça Gir é ampliar a produção de leite de alta qualidade para fabricação artesanal de doces e queijos oferecidos aos turistas e formar um rebanho de animais de alto padrão.

Fotos: Acervo Rio da Prata